• 12/08/2020

Breaking News :

Red Bull Bragantino elimina Botafogo nos pênaltis e pega o Guarani na final

Curta

Aproveite e

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

O Red Bull Bragantino será o rival do Guarani na disputa da final do Troféu do Interior. Na noite deste sábado, o time de Bragança Paulista ficou no empate por 1 a 1 no tempo regulamentar com o Botafogo pela semifinal disputada no Estádio do Canindé. Mas, na disputa de pênaltis, contou com o goleiro Cleiton que pegou dois pênaltis para avançar por 4 a 3.

O Bragantino chegou até essa decisão depois de ser eliminado pelo Corinthians nas quartas de final do Paulistão e por ter melhor campanha, garantiu uma vaga no Troféu do Interior. Além de uma vaga na Copa do Brasil de 2021, o torneio ainda oferece um prêmio de R$ 360 mil.

Cleiton, goleiro do Bragantino, durante aquecimento antes do início de jogo

Cleiton, goleiro do Bragantino, durante aquecimento antes do início de jogo

Foto: Twitter / Red Bull Bragantino / Estadão

A decisão do Troféu do Interior, que será disputada em jogo único, já vai acontecer nesta terça-feira, às 20h. O local vai ser confirmado pela Federação Paulista de Futebol (FPF) neste domingo. A tendência é que aconteça no Estádio do Canindé ou na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara, obedecendo todas as medidas de segurança impostas contra o coronavírus.

O primeiro tempo começou bastante equilibrado, com os dois times trocando passes no meio campo e buscando espaço para chegar com perigo ao gol adversário. Mas, foi o Bragantino que criou a primeira chance clara. Aos sete minutos, depois de tabelar com Claudinho, Alerrandro cruzou para Uillian Correia, que de frente para o gol, chutou de primeira. Porém, pegou muito forte na bola e mandou por cima.

A resposta do Botafogo não demorou para acontecer. Aos 20, Ronald fez um lançamento de trivela para Welligton Tanque, que invadiu a área e tentou tirar do goleiro Cleiton, mas acabou chutando na trave. Na sobra, o zagueiro Realpe conseguiu afastar o perigo. Depois disso, o Bragantino mostrou superioridade e criou outras duas boas chances no primeiro tempo.

Aos 42 minutos, depois de uma cobrança de escanteio, Alerrandro subiu mais alto que os adversários e cabeceou firme. Mas, viu a bola explodir na trave antes de sair. Aos 44, o mesmo atacante arriscou de fora da área e desta vez parou em uma bela defesa de Darley. Por isso, o primeiro tempo terminou empatado sem gols.

Na volta do intervalo, quando o Bragantino colocou alguns jogadores titulares em campo, foi o Botafogo que cresceu no duelo e além de criar três boas chances, abriu o placar. Aos 13 minutos, Ronald avançou pela direita e tocou para Matheus Anjos que chegou batendo colocado, mas parou em mais uma boa defesa de Cleiton.

Aos 17 minutos, Matheus Anjos cobrou falta na área e encontrou Wellington Tanque, que se antecipou aos zagueiros e testou firme para o fundo das redes. Aos 20, foi a vez de Robson ter a chance de ampliar para o Botafogo, também em uma jogada aérea, mas acabou cabeceando para fora. A resposta do Bragantino veio em um chute rasteiro de Arthur, que Darley fez a defesa.

A partir daí, o time de Bragança Paulista se mandou para o ataque em busca do empate. E aos 34 chegou ao seu objetivo. Depois de uma bela jogada no meio-campo, Aderlan serviu Matheus Jesus, no centro da área, que chutou firme para deixar tudo igual no placar. Nos minutos finais, as duas equipes foram para o tudo ou nada, mas o duelo terminou empatado no tempo regulamentar e a definição foi para os pênaltis.

Na decisão por pênaltis, depois dos três primeiros marcadores acertarem para ambos os lados, o meia Gabriel Calabres bateu no centro do gol e Cleiton fez a defesa. Na sequência, Artur fez para o Red Bull Bragantino que ficou em vantagem: 4 a 3. Mas, o Botafogo perdeu mais uma, desta vez com Guilherme Romão que também ficou na defesa do goleiro Cleiton. Com isso, o time de Bragança Paulista avançou para a final, vencendo por 4 a 3.

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRAGANTINO 1 X 1 BOTAFOGO-SP

RED BULL BRAGANTINO – Cleiton; Weverton (Aderlan), Léo Ortiz, Realpe e Luan Cândido (Edimar); Barreto (Ryller), Uillian Correia (Matheus Jesus) e Weverson; Alerrandro, Claudinho e Matheus Peixoto (Artur). Técnico: Felipe Conceição.

BOTAFOGO – Darley; Valdemir (Caíque Sá), Robson, Jordan e Gilson (Guilherme Romão); Naldo, Victor Bolt, Matheus Anjos (Calabres) e Rafinha; Ronald (Murilo Oliveira) e Wellington Tanque. Técnico: Claudinei Oliveira.

ÁRBITRO – Márcio Henrique de Gois (SP).

GOLS – Wellington Tanque, aos 17, e Matheus Jesus, aos 34 do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Uillian Correia, Alerrandro, Ryller e Léo Ortiz (Red Bull Bragantino) e Victor Bolt (Botafogo-SP).

LOCAL – Estádio do Canindé, em São Paulo (SP).

Veja também:

Os técnicos estrangeiros da história do Flamengo

Estadão

  • separator

Fonte: https://www.terra.com.br/esportes/bragantino/red-bull-bragantino-elimina-botafogo-nos-penaltis-e-pega-o-guarani-na-final,badec38171a40a982ad62f11a9dd574annmv9xfd.html

Compartilhe no

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Que tal deixar sua Opinião?

Que tal deixar sua Opinião?